sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Eternamente



à véspera dos trinta e cinco
ainda sonho
ainda brinco

como aquela menina de doze
em todo retrato
com a mesma pose

: o tempo não me angustia
toda idade tem poesia

a vida é amarelinha
que pulo sozinha
rumo ao céu


50 comentários:

Renata de Aragão Lopes disse...

35 no próximo dia 14!

Mila Lopes disse...

Adorava brincar de amarelinha...
Lindo versejar Renata!

Venho dar os parabéns no dia 14 =)

Bjs

Mila

Wanderley Elian Lima disse...

Saudade dos meus 35. A vida é uma brincadeira que devemos levar a sério.
Bjux

Edu disse...

Eeee!

Mulher com alma de menina! Mas que beleza!!

Parabéns!

Bejo

Barbara C disse...

''o tempo não me angustia
toda idade tem poesia''

mt bom Rê!



bjs

Por que você faz poema? disse...

Queira o "céu" na primeira casa.

Tania regina Contreiras disse...

Ah, toda idade tem poesia: uma verdade que precisa ser descoberta!
Beijos, parabéns pelo talento e pelos 35 dou depois! :-)
Beijos,

Luiza Maciel Nogueira disse...

bárbaro, e isso é o que importa!

parabéns pelos 35!
beijos

Marcantonio disse...

Verdadeiramente uma menina. E se o tempo não a angustia, de certa forma isso já é o céu.

Felicidades, Renata!

frô disse...

O tempo te eleva! Parabens!

Albuq disse...

Oi Renata,

acho que o mágico da vida é saber que a alma não envelhece. bjs

Fabrício Franco disse...

Saudades dos meus 35... rs rs rs Que você não perca a sua criança interna de vista, que o amadurecimento não lhe roube a galhofa, a leveza e a alegria que é o grande motor dessa vida.

Cheiro!

Leandro Jardim disse...

Olá, bonito poema!


Muito obrigado pelo incentivo ao meu livro lá no blog. Eu o estou vendendo pelo correio, se animar... hehe (escreva para lsjardim@hotmail.com)

beiJardins

Mário Liz disse...

amarelinha. amar é linha: tênue e quasEterna.

te conheço pouco, mas sei que foram anos bem vividos.

e que toda intensidade do mundo esteja presente em ti e nas tuas letras sempre.

minha poetisa predileta!

Sentimental ♥ disse...

saudade desse tempo...

Feliz aniversário!!!

bj

Adriana Godoy disse...

Ai, me deu uma suadade de mim...lindo poema. Beijo

Alex Zigar disse...

Sem medo do tempo...

Sandrio cândido. disse...

O tempo de Deus, da poesia,da vida e do sonho é diferente do tempo dos anos e isto é maravilhoso.
beijos

Mirze Souza disse...

LINDO, RENATA!

Agora você acaba de criar um novo céu. Tomara que alcance todos os céus que puder com saúde e força, e claro essa poesia linda que nos marca.

Feliz Aniversário!

Beijos

Mirze

Í.ta** disse...

"toda idade tem poesia".

lindo por demais!

Í.ta** disse...

há algo sobre isto da infância também lá no um-sentir :)

Anônimo disse...

re apesar dos trinta e cinco vc parece uma menininha.Que sorte não?
dia 14 darei os parabens pessoalmente.

bjs tesoura

Rosemildo Sales Furtado disse...

Por mais que o tempo passe, nunca desaparece a criança que há em nós.

Beijos,

Furtado.

Daniela Delias disse...

Que graça!!! Rê, isso é um doce de lira!!!! Mil bjos!

Tatá R. da S. disse...

Pelo menos na amarelinha você sabe até onde quer chegar. Eu já não tenho essa certeza. xD
Muito bom.
=***

Moni. disse...

E é sua a responsabilidade de colocar poesia no dia-a-dia...
Fazes isso tão bem!!!

Vida tua, vida nossa, puro Dece de Lira!

Quando é o aniversário, querida???

Beijo imenso!

Moni

Moni. disse...

Ah! Li!
É dia 14!

Vamos comemorar!!!

Beijos, flor!

[ rod ] ® disse...

O tempo é único e a magia é o detalhes de cada ano. Congelada em si respira a verdadeira poesia dos versos anuais, mensais, diários... momentâneos!

Bjs moça e feliz aniversário antecipado.

Lara Amaral disse...

Sabedoria de mulher, jeito de menina =).

Vc nos traz tanta doçura aqui que parece não envelhecer nunca!

Parabéns, linda! Te adoro, felicidades!

Beijo grande.

J. disse...

Encatador, o seu poema!

Beijos

Lai Paiva disse...

Que mimo Rê. Também estou na iminência de completar mais um ano de vida e ainda me sinto a pular amarelinha rsrs Adorei! Bj

MariaIvone disse...

Renata

Parabéns pelos seus fantásticos 35Anos!
Voçê é uma menina linda, que jamais perderá o sonho e a poesia.

Beijos carinhosos
MariaIvone

Renata de Aragão Lopes disse...

Obrigada a todos pelo carinho!

Desengavetados disse...

Passei só pra te dar parabéns! E dizer que, a escrita tb continua impecável! Queria ter estudado com uma menina assim...rs bjos!

Andréa de Azevedo.

Anônimo disse...

E aí, confeiteira, vai ter bolo hoje?
Você faz aniversário e quem ganha presente somos nós!?
Que delícia de poema!
Parabéns, querida!
Bjos,
Dani.

Mirze Souza disse...

RENATA, doce amiga!

Os anos podem passar mas as marcas ficam no coração.

Hoje é você a ESTRELA!

Brilhe, minha estrela!

O CÉU HOJE É TODO SEU!

FELIZ ANIVERSÁRIO!

Beijos

Mirze

Eder Asa disse...

Feliz Aniversário! Mas espero que você esteja longe do céu rs

Inspirador rs O que é a pedrinha?

Renata de Aragão Lopes disse...

Excelente indagação, Eder! : )

Pedro disse...

Não podemos perder a criança que existe em nós! Desconfio sempre dos adultos que não são mais capazes de brincar.

Lucão disse...

:)
Mas ainda tem muito chão pra pular
Parabéns, querida... pelos dois!

Álvaro Lins disse...

De visita e....gostei

Patrícia disse...

Que verso mais fofo!!!
Eu to chegando nos 30!

Mauro Lúcio de Paula disse...

Renata,
você é eternamente menina, assim como "toda idade tem poesia".
parabéns pelo niver.

Eduardo Trindade disse...

Nossa, guria, quanta intensidade neste teu poema! Uma bela obra de arte, sem tirar nem pôr!
E parabéns, mesmo um pouco atrasado, pelos trinta e cinco!

Tiago Medina disse...

Que lindo!
(e feliz aniversário atrasado)

Aline disse...

E eu com medo dos 28!

casa decorada disse...

Vizinha,eu estava indo pegar uma xícara de açúcar na amiga ao lado, quando passei e ví as luzes de sua casa (blog) ...nossa que lindo aqui ...
Quando tiver um tempinho passe lá em Casa para um café...
Se resolver se hospedar por lá , preparo minha melhor roupa e também venho para ficar !
Se precisar de algo é só gritar ,moro entre as montanhas e por lá tem eco.
Meu nome é Valeria , mas pode gritar KIM ...que é meu apelido!

Sabrina Davanzo disse...

Que doçura, Renata!

Milene Souto disse...

Toda idade é idade pra sonhar e "pular amerelinha", rs. Muito bom, beijos.

Emoções disse...

Como só os amantes entendem o amor,
Só os poetas entendem a poesia.
Tem o sentido que o coração impor
E expressa a mais real fantasia.