quarta-feira, 11 de abril de 2012

Míope



as palavras estão aí
nalgum lugar que desconheço:
por entre as pedras ao chão
em meio às colunas de gesso

e por mais que tropece nelas
ou esbarre em sua grafia,
a verdade é que mal as veem
meus olhos de miopia

sem elas não sou poeta
ou sou por estar incompleta?

escrever é posse
ou busca?

poesia é precoce
ou tardia?

poema é palavra
ou silêncio que se pronuncia?

eu sei que sigo andarilha
de óculos e sapatilha,
as palavras por aí
nalgum lugar que desconheço


O Doce de Lira faz 3 anos.
Obrigada a todos os leitores!

16 comentários:

Rafaela Gomes Figueiredo disse...

tatear as palavras é, também, moldá-las...

parabéns ao maravilhoso Doce, Rê! =)

beijo

Primeira Pessoa disse...

as palavras por aí... como pedras...
o poeta trapeçando nelas.

abração do roberto.

Mirze Souza disse...

Coisa mais linda, Renata!

A miopia só aumenta a capacidade em fazer belos poemas, assim!

Não você, poetisa nata, pode deixar que miopia atrapalhe. Mesmo sendo ficção, acredito que temos a opção de gravar a poesia.

Sem você, nunca!

Parabésn pelo aniversário do blog.

Beijos

Mirze

Assis Freitas disse...

tropeçar nas palavras produz achados poéticos,


beijo, parabéns

Maíra K. disse...

NO meu caso, silêncio que se pronuncia! =)

Fabrício Franco disse...

Renata,

Quem agradece somos nós, seus leitores. É um enorme prazer ler você. Meus parabéns pelos 3 anos d'O Doce de Lira. Deliramos, muito, a cada novo poema.

[Adorei as ponderações sobre o poema: "escrever é posse ou busca?", é meio que meu lema-indagação].

Talita Prates disse...

Re,

escrever é a posse da busca!

Meudeus, como o tempo passa... nossos "bebês" já estão aí com 3 anos completos, hein! (E "parece que foi ontem...").

Parabéns por isso, parabéns pelo talento, pela doçura, pela humanidade, pela amizade.

Obrigada por tudo isso também!

Um beijo doce,

Tatá.

JP. disse...

Parabéns Renata,

pelos 3 anos de palavras e silêncios (pronunciados), e pela bela miopia que ostentas, capaz de ver além... capaz da poesia.

Lívea Colares disse...

Muito legal, até me identifiquei!

Nadine Granad disse...

Que beleza de miopia!!!
Sem ver... só sentindo!...

Parabéns ao DOCE!!!

Beijos =)

Isa Lisboa disse...

Parabéns ao Doce de Lira!
(Curiosidade: Faz anos no mesmo dia que eu! :) )

Escritora de Artes disse...

Olá,

Adorei seus escritos....

Saudaçoes

Mário Liz disse...

escrever é posse
ou busca?

poesia é precoce
ou tardia?

poema é palavra
ou silêncio que se pronuncia?


há tempos eu não lia um trecho tão marcante feito esse. fantástico.

Lisa Alves disse...

Lindo poema, Renata, confesso que estou sempre buscando a palavra inicial. Experimento um big bang para capturar o meu inicio. beijos

Dalva M. Ferreira disse...

Que orgulho de te conhecer, ainda que ainda seja só virtualmente. Parabéns e vida longa à tua arte.

Mauro Lúcio de Paula disse...

Muito bom! E ainda diz que não domina as palavras, aahhh se dominasse!!! Parabéns, lindo poema.