terça-feira, 18 de junho de 2013

Salve, salve


eu assisto de casa ao movimento nas ruas
e me envergonho.

por que me mantenho ao sofá
se não vivo o país com que sonho?

eu sei que há
fartura de fome,
penúria de teto,
salas de aula e quartos de hospital miseráveis.

por que me calo,
se não pelo conforto das almofadas?

sei que há
preguiça parlamentar,
soberba no veto,
avareza de terno e gravata impecáveis.

por que me calo,
se não pelas pernas descansadas?

as ruas se colorem de jovens
de doze a cem anos de idade
num coro improvisado de protesto.

a imprensa ignora ou manipula o fato,
fala das copas, dos ouros e de todo o resto.

e eu me envergonho nesse pijama listrado,
como que indiferente às dores do povo.

é tão fácil censurar o manifesto.
confesse: o que tem feito por um Brasil novo?


9 comentários:

Malvina e Equipe: disse...

"...se ergues da justiça a clava forte,
Verás que um filho teu não foges à luta,
Nem teme, quem te adora, a própria morte."

Malvina e Equipe: disse...

"...se ergues da justiça a clava forte,
Verás que um filho teu não foges à luta,
Nem teme, quem te adora, a própria morte."

Clarinha disse...

assim, um pouco cansada...
confesso!
Que nada tenho feito
ao lçado do povo
em meio ao protesto!

Mas, mesmo longe.
Vejo tudo sujismundo
quero ver esse povo todo

Mundando o meu mundo!


palavras improvisadas pra dizer que estou sentada ao seu lado no sofá e tento os mesmos sentimentos!

ૐ 'Priscylα disse...

Por motivos de faculdade e trabalho, não pude estar nas ruas, mas senti em arrepios o que se passava lá fora... Como disse, é tão fácil censurar, mas resolver não.

Beijos Rê :)

ૐ 'Priscylα disse...

Por compromissos não pude estar nas ruas, mas em arrepios senti toda a força dos meus colegas. Como você disse, é tão fácil censurar, mas não é tão fácil assim resolver.

Beijos Rê :)

Daíse Lima disse...

E quando a gente se apaixona por um cantinho e não quer mais sair?!
Adorei o seu cantinho!!!!
Voltarei sempre!!!!
Beijos!!!

Rafaela Figueiredo disse...

Bem assim q eu me sentia/sinto mesmo, Rê.
Já é tão custoso fazer por nós próprios...
Acho q a apatia - em mim - vem de uma descrença de q se pode mudar algo, de fato.

Lu Dantas disse...

Gostei daqui, viu!
Voltarei

Malu Machado disse...

Ei Renata ! Aqui é a Malu da oficina de sábado da Adélia Prado. Vim visitar o seu blog e vi que já sou sua seguidora faz tempo. também já somos amigas no FB rss. fica o convite para vc visitar o Absinto, meu blog. Vamos estreitar nosso afetos literários?