sábado, 13 de junho de 2009

Noite dos namorados



Noite especial:
tudo aqui
lembra casal.
Pergunte a si
o que sente
[como fará,
afinal,
toda essa gente]
e se declare
ao pé do ouvido,
nem que o faça
a gaguejar.
Amor rendido
é que tem graça...
Eis o momento
e o lugar!

Poema exposto sobre as mesas.



Meu coração
em sua mão:
quer prova maior de amor?

O que seria
dos meus dias
sem você?

A resposta é sim!
O que perguntou mesmo
a mim?

eu e você
eu-e-você
euevocê

Por que não se atreve
e me agarra de leve!
[estamos em público]

Tanto tempo faz...
E amo você
cada vez mais!

O que mais quero
é começar do zero:
nosso primeiro beijo!

Às vezes, “tropeço”
e lhe peço desculpas.
Amo você!

Amigos, pelada, gelada.
Que nada...
Prefiro você!

Bilhetes, em formato de coração, disponíveis em murais.



Assim foi a noite dos namorados no Empório Artesanal, a casa mais romântica de Juiz de Fora:

Obrigada a Larissa e Bruno pela oportunidade de,
à luz de velas e sob a mira dos cupidos, divulgar o meu trabalho.

23 comentários:

Renata de Aragão Lopes disse...

Hoje é dia do Santo Casamenteiro!

Bebel disse...

Olhai por nós, as avulsas rs

O terrível é quando declaramos o nosso amor, recebemos em troca uma declaração, e mesmo assim se continua de mãos atadas...
Amar não é fácil...

Beijos, querida é sempre bom dar um passeio por aqui.

Graça Pires disse...

Anda o amor no ar...
Beijos.

Ernani Netto disse...

Adorei!

O primeiro fala do amor que deve ser vivido, declarado, demonstrado... Penso assim também!

Já o segundo são recortes de amor(es) vividos no dia a dia!

Lindo demais o resultado!

Bjaum

Mariana Dore disse...

Lindo post... obrigada pela visita!
Ja sou sua seguidora!
Beijos =*

;D

Marina disse...

Pena, esqueci de fazer uma simpatia. Haha!

Lembro que a primeira vez em que me declarei de coração aberto, o fiz gaguejando e tremendo. Ah, coisas do coração.

Abraço, Renata!

Bea - Compulsão Diária disse...

Lindos versos, bilhetrs. Um coração na mão!!1 Ui, ai que loucura!

tossan disse...

Juiz de Fora deve ser bem romântica! Cheia de poesia e de moças bonitas como você já sei que é, a começar pelos seus belos poemas de amor. Beijo

Hammelinn disse...

Que bom amiga, que você gosta do tango!!!

muito bonito seu blog

um beijo,
estamos em contacto, ok?

Hablamos amiga !!!
un beso desde Montevideo - Uruguay

A.S. disse...

Bela poesia!....

Parabéns Poeta!...


Beijos!

Renata de Aragão Lopes disse...

Bebel, realmente amar não é tão fácil, mas é irresistivelmente delicioso! (risos) Um beijo pra você!

Graça e Mariana, obrigada pela visita e pelos comentários!

Ainda é possível uma oração, Marina! Um abraço e sorte pra você! (risos)

Bea, que saudade! Arrumou um tempinho pro doce? (risos) O mais divertido foi, ao longo da noite, ver os bilhetes sumirem dos murais! Beijão, querida!

Juiz de Fora, Tossan, realmente é uma cidade aconchegante. E conhecida pela beleza das moças! Grata pela visita e pelo elogio.

Tango é uma maravilha! Obrigada, Hammelinn, por vir de tão longe! (risos) Un beso!

Obrigada, A.S.! Visitarei, brevemente, seu "Poliedro". Um abraço!

O dia dos namorados passou.
Que o amor permaneça...

Audemir Leuzinger disse...

muito legal seu blog, renata.
quando quiser trocar textos e ideias... estou sempre indo a JF.
tenho amigos aí.
me escreve: nuvens@hotmail.com
eu faço parte do poemadia também.
abs

Renata de Aragão Lopes disse...

Verdade, Audemir! Você no dia 3 e eu, no 23. Colegas de blog desde fevereiro. Demoramos a nos falar!

Espero que retorne a este espaço. Também acompanharei a sua produção literária, em ambos os blogs coletivos de que participa. Um grande abraço!

Adriana Godoy disse...

Renata, que mimos!! Adorei. beijos.

nina rizzi disse...

eu queria ter estado aí. trocar bilhetes, viveramoramar... coisa mais boa :) só não vale se conter ;)

e o poema debaixo, que arraso, mulher!

beijo.

Andressa disse...

Ahh era uma chance de vir o danadinho da flecha e acertar até quem pensava que amor já sentia :)
O amor é um mito lindo :)
Adorei os versos!

Renata de Aragão Lopes disse...

Obrigada, Adriana! Um beijo!

O evento foi, realmente, um encanto, Nina! Oportunidade de cada um se declarar à sua maneira: ao pé do ouvido ou através de bilhetes poéticos. O lugar perfeito: velas, cupidos e música ao vivo - com um friozinho danado de bom, que pedia abraços! (risos) Obrigada por me visitar! Um abração!

Que bom que gostou dos versos, Andressa! Espero que já tenha sido devidamente "flechada"! (risos) Volte sempre!

FERNANDO C.S.LIMA disse...

Olá garotinha!Tudo bem? Tenho feito algumas visitas aos seus poemas quando sinto saudades. São saborosos e de fácil digestão. Continue confeitando as palavras de forma hábil, suave e doce. Parabéns!

Ferando C.S.Lima

Renata de Aragão Lopes disse...

Que surpresa, Fernando! Fiquei muito feliz com sua visita! Obrigada pelo carinho e por tão delicadas palavras. Saudades de nosso convívio também! Um abração!

A. Sorrentino disse...

Adoro rimas doces. Ahh... quando eu escrevia assim!

Renata de Aragão Lopes disse...

E parou por quê? (risos)
Prossiga!

Marcelo Novaes disse...

Renata,


Conversas ao pé do ouvido que acabam públicas, de tão alto que gritam os gestos...



;)





Beijos,







Marcelo.

Renata de Aragão Lopes disse...

Assim que é bom! : )