quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

A Pipa e a Esfera



a mulher
das dúvidas
ficou
com o homem
das certezas

em uma
recíproca proeza:

ele era sua certeza
ela era sua dúvida


49 comentários:

Lara Amaral disse...

Na troca pode acontecer a destroca.

Que criativo, Rê!

Beijos!

Fernanda disse...

e os dois entre duvidas e certezas foram felizes...

Lai Paiva disse...

Concordo com Larinha, que criativo. Gostei bastante. Bjs

Marcos Satoru Kawanami disse...

identifiquei-me.

BAR DO BARDO disse...

a
casa
lar

Tiago Moralles disse...

Complementos incompletos.

Mais um imundo no mundo impuro. disse...

Talvez por isso tenha dado certo.

Abraços!

Marjorie Bier disse...

E é bem assim que a pipa se delicia no céu de janeiro!

Concha disse...

Pois é,o problema é as certezas...e,na dúvida avançamos.
Bjs

Tereza disse...

Ei Renata.

Concordo com a Concha.
As certezas engessam.
A dúvida é mais flexível.

Indiquei seu blog mais uma vez no meu.

Parabéns mais uma vez.

Beijo
Tereza Stancioli

manuel marques disse...

As pessoas podem duvidar do que dizes, mas acreditarão no que fizeres .

Beijos.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Eis aí, o verdadeiro poder do convencimento e da inversão. Rsrs.

É bem pro fundo. Da mente.

Beijos,

Furtado.

Paulo Rogério disse...

Estranho enigma: o que desliza ao sabor dos ventos (a dúvida), e o que rola à força dos atritos (a certeza)... Seu blog continua lindo! Bjos!

Eraldo Paulino disse...

O sagrado direito de ir e vir.

Bjs cue complementam!

Estefani disse...

Olá Rê!!!

Me lembrou Pablo Neruda:

"E desde então, sou porque tu és
E desde então és
sou e somos...
E por amor
Serei... Serás...Seremos..."

Beijo.

Barbara C disse...

Gostei ele era sua certeza ,ela era sua duvida , isto acontece!

Adriana Godoy disse...

Que belo conlito! Linda imagem e texto, Renata. Beijos.

Talita Prates disse...

conheço dois assim...

rsrsrs.

lindo, amiga!

um bjão!

Barbara disse...

Sim, sugerindo proeza.

Carol Mioni disse...

Amei! Curto mas muito profundo!

muito muito muito bom =]

renata carneiro disse...

uma incompletude tão completa, não é mesmo?

beijo!

Bill Falcão disse...

Como dizem, os opostos se atraem.
Belo jogo de palavras.

Felipe A. Carriço disse...

Um logo se enjoará do outro.

entremares disse...

A atracção dos opostos?
O completar das imperfeições?

É assim a vida.
E ainda bem, creio.

Beijos,
Rolando

Renata de Aragão Lopes disse...

A Pipa e a Esfera

- destrocaram?
- inverteram-se?
- são complementos incompletos?
- são incompletudes completas?
- atrairam-se porque opostos?
- deram certo?
- deliciaram-se no céu?
- foram felizes para sempre?
- enjoarão um do outro logo, logo?

O vento dirá... (risos)

Muito obrigada
a todos que me ajudaram
a escrever essa estória!

Tereza Stancioli,
muito grata pela amizade
e por tamanho prestígio!

Paulo Rogério,
que comentário
mais encantador...

Eraldo Paulino,
os personagens
no uso de sua liberdade...

Estefani,
obrigada pela citação
a Pablo Neruda!

Talita Prates,
eu também conheço
um casal assim! : )

Beijos!

Bebel disse...

Acho que onde há certeza já houve dúvida e vice versa.

Achei fantástico o teu poema.
Beijos

Jéll C. disse...

Oi, Eu vim agradecer a visita em em meu blog.
Tô te seguindo tbm.
Aqui tá lindo. Adorei o Post ;*

Pipa. A que sonha. disse...

E vim aqui cumprimentar o seu poema.

Bela criação.
O enquadramento perfeito de minha nova vida, a partir de hoje.

Seja bem vinda.

Um forte abraço.

Sandokan disse...

Os grandes feitos são conseguidos não pela força, mas pela perseverança. Só precisamos de ter força para começar as nossas tarefas, perseverança para não parar no meio, inteligência para terminar e humildade para ver que ficou muito bom e não nos gabarmos.
Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado. Acredita em ti própria, pois és só tu que te podes alto julgar. Ousa, arrisca e nunca te arrependas. Não desistas jamais e aprende a valorizar quem te ama, esses sim merecem o teu respeito. Quanto ao resto, bom, ninguém nunca precisou de restos para ser feliz. As flores mais bonitas não são aquelas que estão no teu caminho, mas sim aquelas que nasceram depois da tua passagem.
Desejo-te um fim-de-semana repleto de alegrias.
JC

Fabio Rocha disse...

Sucinto e perfeito. Bela criação.

A.S. disse...

Renata...
Nunca haverão certezas exactas nem dúvidas sem motivos!


Beijos...
AL

Solange disse...

minha querida..
estou entrando e amando seu blog..
virei fã..rs

obrigada pela visita no meu também..
bjs..

Nydia Bonetti disse...

Parece que é assim que funciona, Renata. Mas nem sempre... Beijo, bom fim de semana!

Márcio Calixto disse...

Caceta!

Que poema!

Que poema!!!!!!!!

Já organizou um livro com isso?!

tá na hora!

Renata de Aragão Lopes disse...

Bebel, que saudade de sua visita! Obrigada pelo "fantástico"! : )

Jéll C. e Solange, sejam muito bem-vindas ao doce de lira! Espero reencontrá-las por aqui!

"Pipa. A que sonha." Que coincidência nos conhecermos exatamente quando publiquei "A Pipa e a Esfera"! : )

JC, muito grata pelas palavras!

Fábio Rocha, fico muito feliz por acompanhar a minha produção poética!

AS, será?!

Nydia Bonetti, de fato, "parece que é assim que funciona". Dualidade yin e yang...

Márcio Calixto, contagiei-me do seu entusiasmo! Ainda em 2010, haverá um livro. Contarei oportunamente! : )

Um bom domingo a todos!

Diu Mota disse...

A mulher das dúvidas só não duvidava da frieza da única certeza dos homens.

Adorei esse poema e a visita.

abrç

Gian Fabra disse...

amei...

vc foi precisa!
bjs

Gerana Damulakis disse...

Bacana, Renata. Admiro sua destreza com as palavras em oposição, sempre resultando algo bastante instigante.

Renata de Aragão Lopes disse...

Diu Mota, seja bem-vinda ao doce de lira! Espero que retorne!

Gian Fabra, que bom que gostou do poema!

Gerana Damulakis, fico muito feliz em revê-la por aqui! : )

Beijos!

Solange Maia disse...

doce Renata...

Já vivi essa história...
a emoção e a razão...

é sempre assim, acaba numa linda fusão... risos....

beijo

Luciane Slomka disse...

Lindo, Re! Amei! Bjo

Thalita Souza disse...

Adorei!

Marcelo Novaes disse...

Renata,



Pobrezitos..




Beijos,









Marcelo.

J.F. de Souza disse...

Renataaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!

ESPETACULAR, esse aqui!!! =D

=*

guru martins disse...

...e ambos
se beneficiam
da essência
do outro...

bj

Charmene disse...

Renta,
amei, como boa geminiana me senti a senhora das dúvidas...
lindo...
nao precisa muitas palavras para dizer muito...

Anônimo disse...

re,li todos eles. São lindos.

a pipa e a esfera(sem comentarios)


você ainda tem alguma duvida?

eu não.(entendeu,entendeu,entendeu?)

C.G. disse...

Ei Rê! Seu blog continua lindo, e esse texto é para mim especialmente encantador. Simples e complexo, cheio de opostos, tão humano, tão real... amei! Parabéns como sempre! Continue encantando a todos nós!

beijos

Clara

Jacelena Dourado disse...

Olá Doce de Lira!!!
É uma honra ter a sua visita!!!
Parabéns por tanto talento!!!
"A pipa e a Esfera" é muito inteligente!!
Beijos!!
Jacelena Dourado