terça-feira, 30 de março de 2010

Abril



março se foi
e não o vi.

seria
o tempo
irracional
como o pi

ou eu
alheia
à geometria
das órbitas?

a areia
caía
tão escassa
na ampulheta

a hora
digital
ultrapassa
a do planeta

que houve
ao dia
e à noite
de antes?

num celeste
ardil
fizeram-se
amantes

março se foi
e não me viu.


36 comentários:

manuel marques disse...

Abril, amores mil...

Beijo.

Mais um imundo no mundo impuro. disse...

Hoje em dia, a gente passa, os dias, as coisas, as pessoas e geralmente a gente nem se vê, mas se vê não se percebe.

Abraços.

marjoriebier disse...

abril é meu eixo
norte e direção
o mapa de meus segredos
minha raiz, meu desatino
esteio e razão
bússola e hino

e vem um astrolábio louco
me trazer o mês em estrela
que – cometa – eu deito
em seu cálido fluxo austral

(escrevi faz teeeeempo)

Beijo, lindona!

Renata de Aragão Lopes disse...

março se foi
e pouco compareci ao meu
e aos blogs que acompanho

espero que abril
ande a passos mais lentos...

um beijo a todos!

C@urosa disse...

Olá minha querida amiga Renata de Aragão, muito agradável a sua gentil visita. Gostei muito de seu blog, a poesia de qualidade sempre presente, não sou poeta, mas, apaixonado pela poesia. Parabéns pela sensibilidade.

PS: estarei linkando seu blog em meus blogs preferidos.

Paz e harmonia,

forte abraço

Caurosa

Fabio Rocha disse...

esse maço
de março vil
se foi
como cadarço
amarrando passos

Tiago Moralles disse...

Se foi e não viu a todos, pra falar a verdade.

Í.ta** disse...

não o vi, nem ele me viu. amei isto.

parabéns pelos belíssimos versos!

Paulo R. Diesel disse...

Tudo corre e escorre entre nossos dedos. Precisamos correr atrás.

Abraço

Regiani Moraes disse...

Oi Renata, obrigada pela especial visita, gostei muitíssimo de seu blog...
Beijo!

Lara Amaral disse...

Ai, gostei tanto!...

De dar aquela dorzinha no peito e uma sensação de que é preciso recomeçar.

Beijo, poetisa!

A Moni. disse...

E olhe que foi um mês de cinco semanas...
Aqui elas foram lentamente mastigadas. E isso nem é motivo de comemoração.
Sei não...Entre tempo que voa ou se arrasta, eu desejo que ganhemos asas e não esqueçamos o endereço do chão...
Pedi demais?
rs

Beijos, Rê... Linda poesia em tempo, com tempo, sem tempo...de qualquer forma!

frô disse...

que abril seja mais abril!
bjos fofos e voadores!

Lisa Alves disse...

adorei

o tempo e sua melancolia, ele nunca passa sem deixar alguma agonia ou somente a duvida de sua passagem.

Adriana Godoy disse...

"a hora
digital
ultrapassa
a do planeta"

Adorei, Renata, esses versos especialmente. beijo.

Allyne Araújo disse...

o dia corre tanto que falta tempo para tudo... beijos!! lindo post!

Marcos Satoru Kawanami disse...

abril fechou
março abriu
abril fechou
março abriu
abril fechou
março ... 3,1416...


=D
Marcos

Marcelo Novaes disse...

Renata,



Passou, foi?!


É...





beijo.

Wilson Torres Nanini disse...

Sua matemática tem muita música. Seus versos, como um circo, uma ciranda infinita, quase nos dedilham. Abraços!

Talita Prates disse...

Nunca fui muito boa em geometria...
imagina na geometria das órbitas! rs

Que delícia de texto, Re.
Reflexão sobre o tempo,
com leveza e pertinência.

Que abril te veja!

Carpe diem!

Bjo,
e bom feriado.

Tatá.

Silvana Nunes .'. disse...

Bom dia.
Não só você, eu também nem vi. Caramba, como o tempo passa e não sentimos.
Passando para dar uma olhada nas novidades.
Perdoe a minha ausência, mas estou sem computador e só vou poder comprar outro sei lá quando.
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... passando para desejar um bom feriado.
Saudações Educacionais !

[ rod ] ® disse...

Ironias à parte, março é um marco para mim... de começo e fim! tudo foi e veio por ele.. ao belo e fatal dia 21. Que venha abril e seu início de mentiras... há de se melhor!

bjs moça.

Estrela Peregrina disse...

~~delicioso lirismo~~
você já é um dos meus blogues favoritos.
beijos estelares!

Caio Rudá disse...

Impossível março passar e não me ver sendo que é mês de nascimento meu

Pérola disse...

Uma feliz Páscoa amada com muito amor e muita paz no seu coração.
beijokas.

Sandra disse...

Ola!
Passei para deixar o meu carinho e o meu abraço.
Feliz Páscoa..Que Deus abençõe o seu coração e de toda a sua Familia.
carinhosamente,
sandra

Sonia Schmorantz disse...

Páscoa...
É ser capaz de mudar, 
É partilhar a vida na esperança, 
É lutar para vencer toda sorte de sofrimento.
É ajudar mais gente a ser gente, 
É viver em constante libertação, 
É crer na vida que vence a morte.
É dizer sim ao amor e à vida, 
É investir na fraternidade, 
É lutar por um mundo melhor, 
É vivenciar a solidariedade.
É renascimento, é recomeço, 
É uma nova chance para melhorarmos 
as coisas que não gostamos em nós, 
Para sermos mais felizes por conhecermos 
a nós mesmos mais um pouquinho. 
É vermos que hoje...
somos melhores do que fomos ontem.
Feliz Páscoa!
Um abraço

Renata de Aragão Lopes disse...

C@urosa, aguardarei seu retorno ao doce de lira! : )

Fábio Rocha, gostei de como nos apresentou o mês de março: "cadarço amarrando passos".

Tiago Moralles, parece que março, realmente, ignorou a quase todos...

Paulo R. Diesel, seria possível "correr atrás" do tempo?

Sim, Larinha. É o que nos resta: recomeçar!

Moni, nem havia me dado conta de que março teve cinco semanas. Sua pressa me pareceu ainda mais assustadora! (risos) Tomara que "ganhemos asas", amiga...

Frô, obrigada, a propósito, pelos beijos voadores! : )

Lisa Alves, apreciei as suas ponderações!

Allyne Araújo, "falta tempo para tudo" ou há muito para se fazer?

Marcos Satoru, adorei o seu cálculo de pi! : )

Marcelo Novaes, março passou. Eis abril!

Wilson Torres Nanini, muito obrigada por tamanho elogio!

Talita Prates, menina-das-letras! "Carpe diem". : )

Silvana Nunes, fiquei muito feliz com sua visita, dificultada pela falta do computador! Muito grata pelo prestígio!

Rod, março como marco e abril com seu início de mentiras. Que comentário mais interessante! Certamente, "há de ser melhor"!

Estrela Peregrina, que satisfação ver o doce de lira entre seus blogs favoritos! : )

Caio Rudá, feliz aniversário com atraso! Que a vida lhe presenteie com muitas alegrias e realizações!

Í.ta, Regiani Moraes, Adriana Godoy, Pérola, Sandra e Sonia Schmorantz, muito obrigada pela visita e pelo carinho de vocês!

Um abraço a todos!

Solange disse...

só o meu amor que continua aqui..dentro..do peito..
bjs.Sol

Gerana Damulakis disse...

Muito bacana.

A.S. disse...

Renata,

Belo o teu poema! Jogas admiravelmente com as palavras!

As leis da Poesia não se regem palas leis da geometria!

BeijOOO
AL

Juliana Lira disse...

O tempo que não espera a gente...
Corre, corre e voa!

Milhões de beijos

Renata de Aragão Lopes disse...

Solange, o tempo passa e o seu amor, não... Que bonito!

Querida Gerana Damulakis, que bom que gostou de "Abril"!

A.S., sei quase nada de geometria! (risos)

Sim, Juliana Lira: o tempo voa!

Um beijo pra vocês!

Tiago Medina disse...

Achei março tão grande.
Talvez não estivesse tão distraído com outras coisas.
Talvez devesse estar.
O tempo teima em passar mais rápido quando coisas boas acontecem...

Nydia Bonetti disse...

Renata

Também não ví março passar. Também quase não consegui visitar os blogs que tanto gosto. Que em abril possamos ter mais tempo. Com ou sem tempo, eu adoro os outonos! beijos! Boa Páscoa!

Mirse Maria disse...

Março se foi e não vi, como um PI =
IIcomtil.

Só isso já valeria o poema.

Belíssimo!

Parabéns Renata!

Beijos

Mirse