domingo, 4 de julho de 2010

Mão única



A vida é uma via
aonde se passa sem volta.
A vida é um havia.


45 comentários:

Nadine Granad disse...

O STOP de Drummond veio-me instantaneamente ;)
Curto e repleto de ideias!!!
Gostei!!!!


Beijos =)

IVANCEZAR disse...

É verdade !
Mas com poesia, fica melhor, não é??
Nesse viés, se puder leia VIDA E POESIA no meu blog.
Bjs

Lara Amaral disse...

"Havia's", "se's", "será's".

Que criativo, Rê!

Beijinho.

Í.ta** disse...

pudera,

um haverá.

beijo!

Ribeiro Pedreira disse...

há via enquanto vida houver

Moni. disse...

Linda brincadeira séria com o tempo e seus (des)caminhos, Rê!

Na impossibilidade e voltar, que trilhemos os corretos...

Lindo demais.

Beijo grandão e ótima semana!

Moni

Anônimo disse...

re vc tem razão
na vida nós compramos ( ao nascer)
uma passagem para a viajem.
Mas só de ida.Como vc disse mão única.
bjs tesoura

Patrícia Gonçalves disse...

Brincando com o seu haikai!

havia vida na via
havia uma via na vida
mas essa era sem volta

beijo grande!

Marcantonio disse...

Vida expressa
na via com pressa:
a vida é...ra!

Abraços.

Nayara Maia disse...

Belo poder que tem as suas palavras de calarem as nossas!

Beijo

marjoriebier disse...

A vida é um havia... eu "avoo"!

beijoooo

Ariane Rodrigues disse...

Que poeminha grandioso! Bjos

Talita Prates disse...

Re, lindo!
Adorei o "complemento" da Marjorie:
eu "AVOO"!

Bjo grande, amiga.

Tatá.

Daniel Hiver disse...

De dentro do carro agora, todas as vezes vou lembrar, que essa seta além do óbvio sentido obrigatório é também da vida e de suas infinitas possibilidades.

disse...

Adorei sua visita!
Gostei daqui!
Seguindo!
Bjos

Batom e poesias disse...

E há quem sonho com o "seria"...

Lindo, Renata.

bjs

Rosa Carioca disse...

Que lindo Grande poema pequeno.
Bjs.

Alguém... disse...

há que tomar o rumo certo :)

BeijinhoS*

aluisio martins disse...

E quem a via além da poesia?
Lindo espaço.
abs

Maíra D. disse...

a vida é dura, mas a poesia é bela.

um beijo,
maíra.

Ivan Bueno disse...

Perfeito poema, Renata.
Suscinto, direto, realista e com um ótimo jogo de palavras. Adoro isto, você sabe.
Beijo grande,

Ivan Bueno
blog: Empirismo Vernacular
www.eng-ivanbueno.blogspot.com

Úrsula Avner disse...

Oi Renata,

muito criativo e expressivo texto ! Bj com carinho,

Úrsula

Wanderley Elian Lima disse...

Oi Renata
Como a vida é uma via, devemos ter cuidado ao atravessá-la.
Beijos

Lucão disse...

genial, Rê.
Genial!!!

Fernando Segredo disse...

A vida é um havia.
Essa frase resume muitas coisas, sentimentos, sensações, emoções.
Muito bom!

Bjs

Nathi Delacroix disse...

Liiiiiiiiiiindo, Renata! =)

"A vida é um havia" #mágico

RICARDO disse...

Após ler "Mão única"
"via" Renata "sem volta"
do início ao fim,
um passado já "havia"
e dentro de mim
sorria.

Showwww!!!!

Te abraço em aplausos!

Ricardo

Rosemildo Sales Furtado disse...

Aí está o porquê de termos que aproveitá-la o máximo possível.

Beijos e ótima semana pra ti.

Furtado.

PS= Continuo no mesmo endereço.

Geraldo de Barros disse...

lindo =)

beijo
G

Tiago Moralles disse...

Em minha direção,
só você.

Chorik disse...

Show, Renata.

Tania regina Contreiras disse...

Renata, obrigada pela visita ao Roxo-violeta, gostei muito. Seu pequeno poema foi certeiro: A vida é um havia. Embora também um haverá constante.
Beijos,
Tãnia

Luciane Slomka disse...

Que sincronia mesmo, Re!!! Adorei isso. Tá muito bom o que tu escreveu!
Beijos aqui do Sul!!

Daniel disse...

Por isso que eu vivo a vida intensamente. Tem texto no Sub Mundos. Bjus.

http://submundosemmim.blogspot.com

Mahria disse...

E havia de ser bem melhor...


Bjs
Mah

pablorochapoesias.com disse...

E haverá! rs
Super inteligente, adorei!

Beijos, Renata!

tonhOliveira disse...



Vida maneta!

Sim.
Eu a vi alí no fim
passando por mim!

Sarah Slowaska disse...

A vida é uma via com atalhos.

*
Gostei do blog, sempre recheado com belas palavras!
Beijinhos e obrigada pela presença!

Nina disse...

Adorei a visitinha, adorei o teu blog!!
Beijos!
Nina

Pipa. Agora eu era o herói. disse...

"A vida é um havia."


Né nada!

A vida é um haver. (Ter, possuir)

rs

Um beijo de flor menina bonita

Livinha disse...

Havia tudo lá atrás onde passei.
O vento levou?
Eu apenas cresci.
Mas a natureza mudou, tudo transformou, talvez...
O de mim, já não me vê como eu era antes...


Em poucas palavras, há um rolo de estrada para reflexão.
parabéns!

Bjs

Livinha

Maria Tereza disse...

Sempre q venho aqui, tenho vontade de comer os docinhos da página! rs... Adoro seus poemas! São leves e profundos.. =)

Luciana Lís disse...

Sintética e sensorial.
Ah, o passado. Havia.

Linda postagem!
;*

Renata de Aragão Lopes disse...

Felicíssima,
agradeço pelos 43 comentários
em tão poucos dias de exposição!

Um beijo a todos os leitores!

Flá Perez (BláBlá) disse...

hahahahahahhaha, essa foi ótima.