sábado, 14 de agosto de 2010

Em alto e bom som



tantos os porquês
que optou pela mudez:
disse-lhes bem mais


28 comentários:

Lia Araújo disse...

Ultimamente o silêncio me machuca muito!

bjos querida

Ana SS disse...

é...o silêncio tb pode ser tagarela!

Luna disse...

às vezes calados falamos mais alto.

pablorochapoesias.com disse...

E quem foi sábio soube entender!
Adorei de verdade!

Beijo!

Tania regina Contreiras disse...

O silêncio verseja também!
Beijos

Por que você faz poema? disse...

Muitas vezes o silêncio vale mais
do que palavras ditas ao vento.

Solange disse...

há poucos dias vivi um momento de silêncio que me falou tanto...

bjs.Sol

Zélia Guardiano disse...

O silêncio costuma falar tão alto...
Adorei, Renata querida!
Grande abraço!!!

Albuq disse...

As vezes nosso silêncio grita!

bjs

Luiza Maciel Nogueira disse...

o silêncio pode não significar paz

bjs

Juliana Sphynx disse...

Bom final de semana
=D

Marcelo Novaes disse...

Renata,



Sim. Há silêncios eloquentes.




Um beijo.

Mirze Souza disse...

Lindo, Renata!

É preferível mesmo a mudez?

Não aos "porques"

Bravo, poeta!

Beijos

Mirze

[Ananda] disse...

é verdade,as vezes tantos pqs q o melhor é o silêncio pra tentar responder.

Daniela Delias disse...

Lindo, Renata! Adoro esses curtinhos que contém tanto!!! Grande bjo!

Lua Nova disse...

Calar é mais difícil, mas muitas vezes, mais eloquente...
Beijos,

Rosemildo Sales Furtado disse...

Há momentos em que o silêncio grita e costuma doer.

Beijos e ótimo domingo pra ti e para os teus.

Furtado.

Moni. disse...

Quanto texto contém o silêncio...
Cabe a nós
Interpretá-lo!

Beijos, querida...
Sempre linda a tua poesia!

Ester disse...

As vezes é mais coerente ficar calado, nem todos porquês terão respostas, e há silêncios muito eloquentes, sem dúvida!

Beijinhos,

Adriana Godoy disse...

Há momentos em que o silêncio deve prevalecer. Beijos.

Lídia Borges disse...

Bem observado!

Há silêncios com especialidade em comunicação.

Muito interessante, tudo por aqui.

L.B.

Nathi Delacroix disse...

Como diria a grande Lya Luft:

"Que o outro note quando preciso de silêncio e não vá embora batendo a porta, mas entenda que não o amarei menos pq estou quieta."


Beijos!

Talita Prates disse...

eu queria era (re)encontrar aquele silêncio interno, que tanto diz...
ando muito tagarela por dentro.

haicai primoroso,
como tudo que vem de ti.

bjo, amiga.

ótima semana.

Tatá.

Mário Liz disse...

e no meio à mudez ... a nudez da tua poesia ...

lindo demais.

Renata de Aragão Lopes disse...

Obrigada pelas palavras!

Um beijo a cada um de vocês!

Eraldo Paulino disse...

Estes versos descrevem meus últimos momentos como nada melhor que eu possa imaginar...

Bjs!

Lara Amaral disse...

Quem muito observa, bastante absorve.

Beijos, linda.

Felipe Carriço disse...

O silêncio grita aos bons ouvintes.